Hot Best Seller

A Nova Medicina

Availability: Ready to download

Este ensaio é dedicado à extraordinária transformação da Medicina nas últimas décadas. A ciência, a prática e a ética desta Nova Medicina são objecto de particular atenção, e é explicado o modo como aquela absorveu o progresso científico e tecnológico e se adaptou a uma nova ecologia económica, social e até moral, e às exigências de uma sociedade cada vez mais informada so Este ensaio é dedicado à extraordinária transformação da Medicina nas últimas décadas. A ciência, a prática e a ética desta Nova Medicina são objecto de particular atenção, e é explicado o modo como aquela absorveu o progresso científico e tecnológico e se adaptou a uma nova ecologia económica, social e até moral, e às exigências de uma sociedade cada vez mais informada sobre o poder da arte médica. Olhando o futuro, exprime-se uma preocupação - o envelhecimento; uma incerteza - a sustentabilidade dos sistemas de saúde; uma necessidade - a medicina de "translação"; e uma utopia possível - a medicina "personalizada". Conclui-se com uma breve reflexão sobre a educação do médico necessário a esta medicina difícil, incerta, arriscada e perigosa.


Compare

Este ensaio é dedicado à extraordinária transformação da Medicina nas últimas décadas. A ciência, a prática e a ética desta Nova Medicina são objecto de particular atenção, e é explicado o modo como aquela absorveu o progresso científico e tecnológico e se adaptou a uma nova ecologia económica, social e até moral, e às exigências de uma sociedade cada vez mais informada so Este ensaio é dedicado à extraordinária transformação da Medicina nas últimas décadas. A ciência, a prática e a ética desta Nova Medicina são objecto de particular atenção, e é explicado o modo como aquela absorveu o progresso científico e tecnológico e se adaptou a uma nova ecologia económica, social e até moral, e às exigências de uma sociedade cada vez mais informada sobre o poder da arte médica. Olhando o futuro, exprime-se uma preocupação - o envelhecimento; uma incerteza - a sustentabilidade dos sistemas de saúde; uma necessidade - a medicina de "translação"; e uma utopia possível - a medicina "personalizada". Conclui-se com uma breve reflexão sobre a educação do médico necessário a esta medicina difícil, incerta, arriscada e perigosa.

30 review for A Nova Medicina

  1. 5 out of 5

    Luís C.

    The more vulnerable, more human This week I had the opportunity to read an essay by João Lobo Antunes entitled The New Medicine. And this is a subject that has interested me in recent times. The essay published in book form begins with an introduction that refers to the increasing demands "of an increasingly informed about the power of medical art population. Already is noticeable in some elements of that "empowerfulment" iniciating our reflexion when we observed the terms that actually find in o The more vulnerable, more human This week I had the opportunity to read an essay by João Lobo Antunes entitled The New Medicine. And this is a subject that has interested me in recent times. The essay published in book form begins with an introduction that refers to the increasing demands "of an increasingly informed about the power of medical art population. Already is noticeable in some elements of that "empowerfulment" iniciating our reflexion when we observed the terms that actually find in offices in which is called the " customer service user " or " consumer ". Lobo-Antunes points us some interesting reflections to be analyzed: on the one hand, the population over access to information; and on the other, the more informed population - which is definitely not the same thing! After all, it is necessary to specific types of knowledge to handle such information. Another aspect that caught my attention on this essay was the fact that João Lobo-Antunes, have cited the evolution of the "Narrative Medicine, a little-studied area of great complexity & relevance. Once again, we take the pivotal point: the importance of monitoring the pacient's narrative; the human eye on the vulnerability of others. This is an excellent essay that shows us the need to establish a clinical dialog horizontally, between doctor & patient. Following the narrative of the disease we understand the urgency to see beyond appearances and masks the symptoms. The virtue of compassion is born when we talk to the other with the voice that we talk to ourselves.

  2. 5 out of 5

    Virgínia Mareco

    Breve passagem pelos pontos-chave da Medicina. Este ensaio é uma agradável revisão da história da Medicina até aos problemas que se debatem na atualidade. A leitura é prazerosa e parece-me acessível a qualquer pessoa não-médica. É recomendável a todos profissionais de saúde, pois abrange, com exímia capacidade de síntese, várias problemáticas da Medicina no mundo. É de realçar a seguinte parte do texto: “(…) por cada cinco anos de aumento da esperança de vida num país, o seu PIB [produto interno b Breve passagem pelos pontos-chave da Medicina. Este ensaio é uma agradável revisão da história da Medicina até aos problemas que se debatem na atualidade. A leitura é prazerosa e parece-me acessível a qualquer pessoa não-médica. É recomendável a todos profissionais de saúde, pois abrange, com exímia capacidade de síntese, várias problemáticas da Medicina no mundo. É de realçar a seguinte parte do texto: “(…) por cada cinco anos de aumento da esperança de vida num país, o seu PIB [produto interno bruto] cresce de 0,3 a 0,5%. Por isso há que questionar se os gastos em saúde devem ser vistos como «despesa» ou como «investimento»". English version of this review is at: http://booksliteraryreviews.blogspot....

  3. 5 out of 5

    José Luís Fernandes

    I read this as optional bibliography for a class in my Medicine degree. It lays out very well the evolution of Medicine during the 20th century as well as its current problems and paradigms. It's just a pity it's too small and left desiring for a bit more. Highly recommended anyway, as expected from the author (a brilliant Portuguese neurosurgeon),

  4. 5 out of 5

    Ricardo Baptista

    Apesar do título, o livro tem maior enfoque na História da Medicina e nos seus fundamentos científicos, éticos e outros, através duma linguagem tendencialmente leiga e da visão pessoal de um dos membros (o neurocirugião) da alcateia Antunes. Pena não ter sido mais pessoal a visão e as reflexões mais longas.

  5. 4 out of 5

    Rui Cordeiro

  6. 5 out of 5

    João

  7. 4 out of 5

    António Velha

  8. 5 out of 5

    Joaquim Cinzento

  9. 5 out of 5

    Ricardo

  10. 4 out of 5

    Gav

  11. 5 out of 5

    Adriana

  12. 4 out of 5

    Ana Coimbra

  13. 4 out of 5

    Vítor

  14. 4 out of 5

    Nuno Dias

  15. 4 out of 5

    Hugoxl

  16. 4 out of 5

    João

  17. 4 out of 5

    Filipe Brogueira rodrigues

  18. 5 out of 5

    Luís Duarte

  19. 5 out of 5

    Mónica Almeida

  20. 5 out of 5

    Daniel

  21. 4 out of 5

    Leonor Matos

  22. 4 out of 5

    Nelson Nunes

  23. 4 out of 5

    Ana Isabel

  24. 5 out of 5

    Portuense

  25. 4 out of 5

    Cristina Costa

  26. 5 out of 5

    Hélder Oliveira

  27. 4 out of 5

    Inês

  28. 5 out of 5

    Fábio Anunciação

  29. 4 out of 5

    Diogo Maia

  30. 4 out of 5

    Maria João

Add a review

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Loading...
We use cookies to give you the best online experience. By using our website you agree to our use of cookies in accordance with our cookie policy.